PABX Analógico ou PABX Virtual (VoIP) ?

Há diversos fatores que motivam a decisão de empresários e/ou gestores no momento de decidir qual o tipo de solução adotar ao se implantar um sistema de telefonia. Um dos principais fatores é a questão de possuir ou não empresas prestadoras de serviços especializados que atendem a região onde sua empresa atua, visto que muitas das vezes ainda visualizamos sistemas de telefonia como algo físico, visão esta que não é verdadeira como podem ver logo abaixo.

Partindo do pressuposto que atualmente (junho/2020) a grande parte dos prestadores de serviços de telecomunicações ainda trabalham com soluções analógicas, tecnologia esta que é totalmente física, e também devido aos principais fabricantes de tecnologia no Brasil ainda fabricar produtos desta mesma linha, muitas das vezes a decisão do gestor acaba sendo pela opção do PABX analógico, pois desconhecem outros tipos de soluções.

Além das questões citadas de prestação de serviço especializado e fabricantes, outros fatores que acabam levando um gestor a optar por um PABX Analógico é o fato do PABX Virtual ser algo que talvez ele até conheça mas sem profundidade, sendo assim tem medo, e pelo medo do desconhecido acaba optando pelo que já conhece, ou seja, pelo tradicional PABX Analógico.

Agora para podermos falar um pouco mais a respeito das tecnologias e para elucidar eventuais dúvidas, nesta postagem irei esclarecer as duas tecnologias apontando principais vantagens e desvantagens, afim de auxiliar gestores em suas tomadas de decisões, é importante ficar claro o que é cada uma delas, sendo assim:

PABX Analógico

É um equipamento eletrônico que permite a realização de chamadas através de centrais telefônicas exclusivamente criadas para este fim, este equipamento permite realizar chamadas internas ou externas de dentro de uma empresa, desde que possua uma linha telefônica conectada para chamadas externas. Neste equipamento são conectados os telefones comuns através de cabos simples distribuídos exclusivamente para o telefone, cabos estes que irão transmitir as chamadas através de sinais elétricos.

Acima você pode visualizar duas centrais PABX analógicas para que possam ver que é algo físico e as empresas que utilizam esta tecnologia precisam ter algo parecido com estes equipamentos para que seja possível fazer e receber ligações. Além disso requerem manutenções eventuais e qualquer alteração de configuração é no local.

PABX Virtual

Pode-se dizer que PABX Virtual é virtual porque você não o vê? A resposta é sim e não, de fato você não o vê porque é um software que realiza toda a comunicação telefônica e gerenciamento das chamadas, e sendo um software ele precisa de um hardware para que possa ser executado, ou seja, um servidor, ou um equipamento que irá desempenhar um papel similar a um servidor, logo você não vê o software, e pode também não ver o servidor, mas certamente ele existe, seja ele na rede local, ou seja ele na nuvem através da Internet interligado em  datacenter.

Tendo em vista estas diferenças que talvez possa parecer simples, no fundo é uma grande e complexa diferença, visto que uma tecnologia é criada exclusivamente para comunicação do PABX, ou seja, nada mais vai trafegar nos cabos além das chamadas, já no PABX Virtual a grande vantagem é o compartilhamento de recursos, desde servidores onde o sistema de PABX Virtual pode estar instalado junto com outras soluções, até mesmo compartilhando os cabos de rede. A questão do compartilhamento é uma vantagem muito grande para este tipo de solução, no entanto devido a este cenário a complexidade da rede se torna maior e problemas outrora não experienciados podem começar a acontecer, isto caso a rede da empresa não esteja corretamente configurada, podendo ter algum conflito físico (cabos) ou lógico (configuração), até mesmo largura de banda de conexão insuficiente para transmitir a chamada, etc.

Outro fator fundamental que diferencia o tipo de tecnologia são os dispositivos que cada tipo de PABX se comunica. Sendo o PABX Virtual se comunicando apenas com telefones analógicos cujo conector de conexão é RJ11, já o PABX Virtual utiliza os mesmos cabos de rede da empresa através do conector RJ45 e pode ser conectado num ramal através de um telefone VoIP, tablets, smartphones ou computadores, nestes três últimos casos utilizando softwares para fazer a virtualização do ramal e realizar a chamada através de aplicativo.

Além das questões já citadas há ainda muitas características que as duas tecnologias se diferem, uma delas é em relação a processos de automatização de sistemas de atendimento, considerando o PABX Analógico um equipamento físico e elétrico este aspecto acaba sendo negativo quando se quer trabalhar com automatizações de atendimento, visto que muitas vezes o equipamento instalado não tem certas funcionalidades nativamente ou não é compatível, ou se tem é muita cara para adquirir o módulo e depois dar manutenção, exemplo disso podemos citar o recurso de gravação de chamadas, mudança de filas de atendimento em ramais, regras de distribuição de chamadas em sistemas de atendimento, entre outras.

Caso queira saber mais a respeito de PABX Virtual ou tenha alguma dúvida sobre qual o melhor cenário para sua empresa convido você a entrar em contato conosco através do link  http://www.solaristelecom.com/pabx-virtual